A primeira característica de um bom produto seco deve ser a completude nutricional. Para possuir esta característica, um produto deve conter uma quantidade mínima de cada um dos cerca 50 nutrientes considerados essenciais para a correta nutrição do cão e do gato. Tais necessidades são estabelecidas por centros de pesquisa científicos autorizados ou grupos de peritos famosos (na Europa faz-se referência às diretrizes nutricionais de FEDIAF).
A segunda característica fundamental de um bom produto seco é que deve satisfazer as necessidades para o específico estado fisiológico e/ou função para as quais é destinado: ao longo da vida do cão ou do gato e conforme o tamanho ou estado fisiológico (animal inteiro ou esterilizado, jovem ou adulto) as necessidades nutricionais modificam-se e um bom produto deve adaptar-se a tais mudanças. Isto pressupõe um estudo aprofundado da nutrição animal e uma longa pesquisa para criar receitas sempre apropriadas.
A terceira característica, que apenas poucas marcas possuem, é a certificação da conformidade nutricional das receitas por parte de entidades científicas independentes: a colaboração de vários anos entre Schesir e a Universidade de Bolonha garante que uma entidade externa à empresa e com competências científicas de relevo dê o seu aval às nossas fórmulas.

Diferenças nutricionais entre cão e gato: os dois animais diferem em primeiro lugar na modalidade de escolha do alimento. O cão escolhe o alimento em primeiro lugar com o olfato, o gato privilegia o sabor; este é um aspeto importante a ter em conta na escolha dos ingredientes e forma e dimensões do croquete. Além disso, a principal diferença a nível de necessidades nutricionais está no teor proteico da dieta. Na verdade, o gato, do ponto de vista genético e evolutivo, é considerado um carnívoro em sentido rigoroso e, portanto, necessita de uma maior quantidade de proteínas na dieta. Por outro lado, o cão, sendo um carnívoro não obrigado, pode satisfazer as suas necessidades nutricionais com dietas caracterizadas por um teor proteico inferior. Além disso, o gato tem uma necessidade alimentar bem precisa de taurina e de alguns ácidos gordos (em particular ácido araquidónico, EPA e DHA conforme a idade) enquanto o cão adulto é capaz de sintetizar ambos a partir de moléculas semelhantes.

Diferenças nutricionais entre cão jovem e adulto: o cão jovem tem necessidades nutricionais diferentes do adulto pois, além daquelas básicas de manutenção (ou seja, a energia e os nutrientes que servem para manter ativas todas as funções do organismo, tais como a digestão, circulação do sangue, manutenção da temperatura do corpo, eliminação de escórias, etc…), tem necessidades associadas ao crescimento que são maiores nos primeiros meses de vida e tendem a diminuir ao aproximar-se à idade adulta. É possível comparar o sujeito adulto a um automóvel que o motor que roda ao “mínimo” enquanto o jovem é um automóvel de corrida com o motor frequentemente ao máximo. A comparação permite compreender como o cão jovem seja alimentado com uma ”gasolina” mais sofisticada (no nosso caso um alimento mais rico e digestível) que um adulto. Na verdade, os alimentos para cães jovens são caracterizados por um conteúdo energético mais elevado (mais gorduras), maior proporção de proteínas e um maior valor nutricional (ou seja, mais ricos de aminoácidos, que representam os tijolos que o organismo usa durante o crescimento). A isto adicionam-se necessidades maiores de cálcio, fósforo e outros minerais (para o crescimentos dos ossos) e de ácidos gordos Ómega-3, fundamentais para um correto desenvolvimento do sistema nervoso e do olho.

Diferenças nutricionais entre um cão grande e um pequeno: a primeira coisa a prestar atenção na produção de alimento seco para cães de diferentes tamanhos é a dimensão, o sabor e a estrutura do croquete.
Em particular para o cão pequeno, o croquete, além de dever ser corretamente dimensionado, deve ser crocante mas não demasiado duro, para evitar que o animal se canse demasiado ao mastigá-lo. Além disso deverá ser extremamente saboroso pois o cão pequeno é extremamente exigente. Para o cão grande, sendo habitualmente um consumidor voraz, devem-se usar croquetes bastante grandes para lhe permitir de mastigar com satisfação.
A nível energético da ração, o cão pequeno, devido ao seu caracter ativo, tem necessidades (por Kg de peso) mais elevadas que o cão grande. A este último é sempre bom administrar dietas bastante concentradas a nível energético mas com dosagens diárias menores para limitar o risco da torção de estômago e favorecer o processo digestivo.

Diferenças nutricionais entre gato adulto e esterilizado: as diferentes necessidades nutricionais do gato esterilizado nascem das alterações metabólicas que a esterilização implica.
Nos gatos a esterilização é associada a um aumento do risco de obesidade igual a 3.4 vezes superior aos gatos inteiros, devido em grande parte a um aumento das concentrações de algumas hormonas envolvidas no metabolismo das gorduras e na regulação do próprio metabolismo. Além disso, estes mostram uma diminuição das necessidades energéticas igual a 28% (machos) e 33% (fêmeas) de calorias a menos.
Por este motivo os alimentos para gatos esterilizados contêm normalmente mais proteínas e menos gorduras (para reduzir o conteúdo calórico do alimento) e uma maior quantidade de fibra para aumentar a sensação de satisfação.
Obviamente, o papel do proprietário é fundamental para manter em forma o seu gato, administrando o alimento nas doses diárias corretas. Caso contrário, até um alimento específico mas servido à vontade ou a pedido do animal não é capaz de prevenir o peso excessivo do gato esterilizado.

Em primeiro lugar todos os ingredientes são pesados de modo preciso para se ter a certeza que são inseridos na receita nas doses corretas (isto é importante para assegurar a adequação nutricional do produto).
Em seguida as matérias primas são misturadas de modo uniforme e depois trituradas (quanto mais fina é a mistura, mais digestível é o produto).
A mistura triturada é depois extrudida por meio de uma máquina a qual, graças à adição de água, vapor e um parafuso sem fim, empurra a mistura através dos furos que conferem ao croquete a forma e espessura desejadas.
A este ponto o croquete é secado no forno (para obter uma humidade que lhe permita de conservar-se à temperatura ambiente mesmo por longos períodos sem ganhar mofo), coberto de gordura e proteínas hidrolisadas (para exaltar o seu sabor) e depois arrefecido para permitir o seu embalamento.

A gama oferece a possibilidade de escolher entre duas filosofias nutricionais: No Grain Formula ou Single Whole Animal Protein FORMULA.
As Receitas Single Whole Animal Protein FORMULA são indicadas para animais que se pensa serem predispostos para serem sensíveis.
O termo Single Whole Animal Protein FORMULA indica que cada uma destas receitas é formulada com uma única fonte de proteínas inteiras animais.
Na gama Single Whole Animal Protein FORMULA usamos as seguintes fontes proteicas: atum e cordeiro nas receitas para cão; bovino, pato e atum nas receitas para gato.

A gama oferece a possibilidade de escolher entre duas filosofias nutricionais: No Grain FORMULA ou Single Whole Animal Protein Formula.
As Receitas “No Grain FORMULA” são formuladas sem cereais e sem glúten.
Além disso deve ser precisado que os amidos provenientes dos legumes e da tapioca (se comparados com os dos cereais de outros tubérculos) têm um índice de glicemia mais baixo.
Na gama No Grain FORMULA usamos as seguintes fontes proteicas: peru e bovino para o cão; peru e frango para o gato.

A nossa filosofia sobre ingredientes “especiais” da gama Natural Selection está associada a três conceitos fundamentais.
ESPECÍFICO: Cada ingrediente natural tem uma função específica e mirada, especificamente projetada para a idade / estilo de vida / tamanho do animal.
Não usamos um ingrediente benéfico genérico: este é selecionado em base ao tipo de animal ao qual destinamos o produto.
NATURAL: Os benefícios podem ser obtidos através de ingredientes sintéticos ou de origem natural.
As vantagens específicas dos produtos Schesir foram obtidas usando ingredientes naturais.
FUNCIONAL: Muitos ingredientes naturais têm propriedades conhecidas e existem sobre eles muitas publicações científicas relativas aos benefícios para cães e gatos.
Schesir, também graças às suas colaborações científico-nutricionais, incluiu nas novas receitas Natural Selection uma seleção dos ingredientes mais eficazes.

Gama cão
O ingrediente funcional base escolhido para as receitas de cão é a fibra de maçã, de altíssima qualidade e muito importante para a manutenção do bom funcionamento intestinal.
Os ingredientes usados nos vários segmentos-produto são:
– PUPPY: mistura de geleia real e nucleótidos. A geleia real, juntamente aos nucleótidos (produtos extraídos da levedura) suporta o bom funcionamento do sistema imunitário, muito importante para um crescimento saudável.
– ADULT SMALL E TOY: Extrato seco de Yucca schidigera, a qual é eficaz na redução dos odores e é benefício muito procurado para um tipo de cães que vivem em grande contacto com os seus donos.
– ADULT MEDIUM – MAXI: Extrato seco de Garra do diabo, que suporta o bom funcionamento das articulações.

Gama gato
O ingrediente funcional base escolhido para as receitas gato é o extrato seco de mirtilo, o qual suporta o bom funcionamento do sistema urinário, aspeto muito importante nos gatos de todas as idades. Os ingredientes usados nos vários segmentos-produto são:
– KITTEN: mistura de geleia real e nucleótidos. A geleia real, juntamente aos nucleótidos (produtos extraídos da levedura) suporta o bom funcionamento do sistema imunitário, muito importante para um crescimento saudável.
– ADULT: alga monocelular seca, fontes naturais de Ómega-3 que suportam o bem estar e a beleza da pele e pelo.
– STERILIZED: fibra de ervilha, útil para ajudar a manter o peso em animais que tendem a engordar.

A alimentação mista seco-húmido é uma prática muito difundida entre os proprietários de cães e gatos pois o húmido é frequentemente usado para ajudar ao consumo da ração de seco quando o animal tem falta de apetite (estação quente, troca de produto, perturbação gastrointestinais, etc.).
Sugerimos como misturar corretamente os alimentos secos e húmidos para evitar excessos ou carências nutritivas.
Em geral o conteúdo energético de um alimento húmido é de cerca ¼ de um seco.
Portanto com 100g. de alimento húmido é possível substituir 25g. de alimento seco.
Começar com a correta dosagem do alimento seco e, em função de quanto alimento húmido se deseja adicionar à mistura, remover a correspondente quarta parte (em peso) de alimento seco.

Na nova gama escolhemos implementar uma das partes fundamentais do DNA de Schesir: o respeito pelo ambiente e pela natureza que nos circunda.
isto foi feito realizando com Natural Selection uma linha inteiramente reciclável, quer para o húmido como para o seco.
Isto significa que os sacos que realizámos para a nossa gama de seco são em um material 100% reciclável, ao contrário da quase totalidade dos sacos presentes no mercado que apresentam uma camada interna de alumínio e devem ser eliminados, portanto, na recolha indiferenciada.
Dispomos do certificado que documenta a reciclabilidade da embalagem de Schesir Natural Selection Dry, recebido pelo fornecedor dos sacos.
Também para a linha de húmido escolhemos de usar latas também realizadas em material reciclável (aço).

RECEITAS RICAS DE CARNES: cada receita contém pelo menos 62% de carnes, indispensáveis para completar o produto do ponto de vista nutricional e para garantir um sabor sem rival
RECEITAS COMPLETAS: além da carne, as receitas contêm também vários órgãos (fígado, coração, rins, baço, pulmões …) que, para além de tornar o produto mais saboroso, foram selecionados para fornecer vitaminas, minerais e outros nutrientes para completar naturalmente o alimento reduzindo ao mínimo a integração de vitaminas e oligoelementos.
RECEITAS NO GRAIN FORMULA: não contêm cereais
RECEITAS SINGLE WHOLE ANIMAL PROTEIN FORMULA: Schesir Natural Selection está também disponível em variedade com única proteína animal. Esta característica, unida à completa ausência de conservantes e corantes artificiais adicionados, faz desta fórmula especialmente adequada também para animais que se pensa serem predispostos a uma especial sensibilidade gastrointestinal.
FRUTA: todas as receitas Schesir Natural Selection são enriquecidas com fruta (maçãs, mirtilos, amoras, groselhas). A fruta, além de ser uma ótima fonte de fibras essenciais para o correto funcionamento do intestino, é naturalmente rica em antioxidantes naturais, substâncias úteis para o bem estar dos nossos cães.

Ao mudar o alimento, para evitar reações indesejáveis do animal, deve-se fazê-lo de modo lento e progressivo começando com 3 porções do alimento antigo com 1 parte do novo nos primeiros 3 dias; em seguida, 2 partes de antigo + 2 partes do novo também durante 3 dias; finalmente, 1 parte do antigo + 3 partes do novo nos últimos 3 dias.
Este procedimento é recomendado não somente quando se muda a marca de alimento, mas igualmente para mudanças drásticas da dieta (por exemplo, de húmido para seco).

Sim, o seco é produzido em Itália: esta é também uma das declarações que aparece na embalagem do produto: bandeira italiana no topo à esquerda.

Proteínas animais transformadas/hidrolisadas/farinha: fonte de aminoácidos essenciais para a construção/manutenção dos tecidos e para o normal funcionamento de todos os processos biológicos do organismo.
Levedura de cerveja: fonte de proteínas de alto valor biológico e vitaminas do grupo B, cuja função é a de suportar o metabolismo do organismo.
Tapioca: tubérculo fonte de amido, com índice de glicemia mais baixo relativamente ao dos cereais. O seu amido, depois de transformado durante o processo digestivo, é absorvido mais lentamente reduzindo o risco de peso excessivo.
Flocos de batata: úteis para fornecer outras proteínas, aminoácidos e energia.
Ervilha/Fava forrageira/Polpa de acelga: fonte de proteínas de bom valor biológico, fibras úteis ao normal funcionamento intestinal graças à sua capacidade de “nutrir” as células e melhorar a sua capacidade de absorção dos outros nutrientes.
Celulose: rica de fibras vegetais regulariza o trânsito intestinal e ajuda a formar fezes compactas
Óleo de salmão: fonte natural de ácidos gordos polinsaturados ómega-3 e vitamina D3 úteis para a beleza da pele e pelo, ossos e dentes fortes.
Sementes de linho integrais: fonte natural de ácidos gordos polinsaturados ómega-3 úteis para o bom funcionamento do sistema imunitário; contribuem para a correta proporção entre ómega-6/ómega-3.
Arroz/Arroz Integral: O arroz é o cereal mais facilmente digestível para o cão e gato e não contém fontes de glúten. Além disso a sua forma integral fornece a fibra útil para o bom funcionamento do intestino, útil para uma fase delicada como a do crescimento.
Minerais: micronutrientes essenciais para o desenvolvimento dos processos bioquímicos e de homeostase do organismo.

Aos produtos Dry não são adicionados conservantes/corantes. Os croquetes são conservados graças à extrusão a alta temperatura que reduz a carga microbiana e à secagem que elimina a humidade em excesso e permite obter uma vida comercial até 18 meses.

Conscientes que a nossa filosofia nutricional é a fórmula vencedora, tentamos adaptá-la aos vários tamanhos. Isto significa que, também se os ingredientes podem ser os mesmos, a sua quantidade varia conforme o tamanho do animal.
Isto implica que teremos diferentes valores analíticos, o que significa, por exemplo, uma diferente percentagem de proteínas, de valor energético e, mais em geral, de nutrientes.

Para as receitas sem arroz a fonte energética é a tapioca, que preferimos como fonte de amido ao, por exemplo, milho (que é um cereal) ou à batata, porque é muito digestível e apresenta um baixo índice de glicemia em comparação com os outros tubérculos ou cereais.

A gama dedicada aos cães e gatos jovens prevê fórmulas No Grain e outras fórmulas No Gluten.
Escolhemos de não realizar fórmulas Single Whole Animal Protein porque, no caso do cão jovem, inserir duas ou mais proteínas garante uma maior completude nutricional, tema especialmente importante para o seu desenvolvimento harmónico.
Dado que para o cão jovem ambas as fórmulas No Grain e No Gluten são nutricionalmente válidas, no caso da receita No Gluten a presença de arroz integral permite obter um alimento muito digestível e sem fontes de glúten.
Na verdade o arroz é mais facilmente digestível para o cão e gato (tal como para as nossas crianças, não é por acaso que a farinha de arroz é muito utilizada para as papas de desmame) e não contém fontes de glúten. Além disso a sua forma integral fornece a fibra útil para o bom funcionamento do intestino, importante para uma fase delicada como a do crescimento.

No momento não existem na nossa linha produtos específicos para cão esterilizado (com kcal reduzidas relativamente à normal manutenção).
Para os cães que desenvolvem poucos e curtos passeios diários tendo dificuldade em manter o peso/forma, é possível recomendar as receitas No Grain.
São formuladas de modo a fornecer mais proteínas e tem um conteúdo reduzido de amido, proveniente de legumes e tapioca, que têm um índice de glicemia mais baixo.
Isto significa que, uma vez transformados durante o processo digestivo, a sua absorção é mais lenta (relativamente ao dos amidos de cereais): deste modo reduz-se o risco de peso excessivo.

Formular uma dieta completa e equilibrada para o seu animal doméstico é bastante complicada: é necessário saber escolher os ingredientes da melhor qualidade, conhecer o conteúdo em nutrientes de cada uma, calcular as corretas quantidades para obter a correta quantidade de nutrientes, tudo conforme as necessidades nutricionais do animal doméstico.
Depois seria necessário cozinhar corretamente para tornar digestível e assimilável cada princípio nutritivo e adicionar a correta quantidade de integrador mineral-vitamínico.
Apenas quem tem adequados conhecimentos na matéria e tempo para dedicar a esta atividade pode fazê-lo, sempre sobre a supervisão do veterinário nutricionista.
Para evitar fornecer ao animal doméstico uma alimentação incompleta e desequilibrada, arriscando vários problemas associados tanto ao excesso como à falta de nutrientes, recomenda-se de lhe fornecer uma alimento que foi para ele especialmente estudado e preparado, pronto para o uso.